Comunidade BrasileiraNegócio e EmpreendimentoNova Zelândia

Empreendedora revela a moda brasileira nas ruas neozelandesas

Entrevista com a CEO da Laura Anne Boutique

Ela decidiu empreender e transformar o estilo de vestir das neozelandesas. Com um toque moderno, sofisticado e até casual Andresa revela as passarelas do Brasil na Nova Zelândia.

Quem está por trás da marca Laura Anne Boutique

Seu nome é Andresa, nascida em São Sebastião, 32 anos, casada e tem uma 1 filha.

Falando um pouco sobre sua formação, as experiências a guiaram em suas escolhas. “Minha formação em Graduações são: Tecnóloga em Transações Imobiliárias e Logística e Supply Chain iniciei a graduação de Engenharia Ambiental. Onde esses cursos me agregaram conhecimento técnico e capacitação para essas áreas, e dessa forma realizei trabalho com resultados significativos no Brasil”, afirma Andresa.

Projeto: Imigrar

Alguns fazem planos outros decidem simplesmente arriscar. Andresa nos conta como foi este momento de se aventurar fora do Brasil. “Em 2014 foi o ano que nasceu esse projeto de se tornar imigrante no coração do meu esposo, e devido a muitas circunstâncias e oportunidades surgindo, adiantamos a vinda para a Nova Zelândia. Nesse caso, meu esposo embarcou em Março de 2015 para esse país espetacular, e eu após 45 dias embarquei nessa grande aventura, cheia de expectativas”, conta Andresa.

Nascendo uma empreendedora

Andresa nos conta: “A ideia de empreender surgiu assim que depois de um espaço curto de tempo aqui. Observei que essa parte de confecção de roupas não obtinha muitas novidades, sempre muito iguais ou parecidas. No entanto, nos primeiros anos trabalhei em todos as opções que me surgiram de serviços aqui na Nova Zelândia, dificultando assim em me arriscar para realizar empreendedorismo.”

O momento e a oportunidade ajudou no caminho ao empreendedorismo, os desafios a impulsionaram a sair da zona de conforto. “Mas a abertura para enfrentar meus medos, receios do novo, iniciou após uma forte crise de ansiedade, adquirida em um ambiente de total insatisfação de um desses trabalhos. E além disso, como foi alterado de um emprego fixo para casual, obtive mais tempo para pensar, planejar e concretizar em empreender”, explica Andresa.

O processo, a pesquisa e a rejeição

“O processo foi iniciado em investir tempo para adquirir informações desse ramo de negócio. Mas o começo não são flores, sendo assim enfrentei primeiramente muitos nãos de empresas no Brasil, além de que existia um grande empecilho, a comunicação eficiente daqui para o Brasil, uma vez que o fuso horário é bem longo de diferença, sendo necessário trabalhar às madrugadas até encontrar o sim das empresas brasileiras.”

“E sem nenhuma rede de apoio, até mesmo de pessoas próximas a mim, me vi sozinha para acreditar em primeiro lugar nesse negócio, e principalmente para realizar esse objetivo.

Até que após todo o empenho depositado nisso, encontrei o SIM.”

“Porque roupas do Brasil? Moda já é algo marcante nas passarelas brasileiras há muitos séculos, haja vista que encontramos muitos estilistas brasileiros que se tornaram celebridades, e além dessa composição, há um comprometimento com a moda desde aqueles que criam, como naqueles que vão executar o processo. Há uma identidade em cada roupa, por isso tudo é feito com amor e qualidade.”

“Já existia em meu conhecimento todo o risco de mercado que cada ramo de negócio possui, até mesmo por ser iniciante e desconhecida. Assim com os recursos que existiam no primeiro momento, busquei utilizar de todas as formas possíveis, para aproveitar cada oportunidade, começando até mesmo pelo site da loja e todo o business em volta desse nicho de mercado.

O $ era muito pouco, ou melhor dizendo, quase nada para iniciar um negócio. Precisei usar conhecimento já adquirido em minhas formações de ensino superior e trabalhos, e muito planejamento”, recorda Andresa.

O nome

Laura Anne, foi o nome que escolhi para a minha loja, é o nome da minha filha, onde ela é a própria motivação para esse negócio prosperar, é um nome forte, onde Laura significa: Vitoriosa, Triunfadora e Anne: Cheia de Graça.”

Equipe

“Atuo sozinha nessa empresa na Nova Zelândia, e tenho apoio de uma assessora no Brasil, que faz a conferência das mercadorias. E conto com o apoio da Júlia Andrade, minha amiga e parceira que escreve para o blog da loja”.

O futuro da Laura Anne Boutique

Andresa diz que seu desejo é expandir a loja para todo o país, gerando empregos.”(…) e não somente empregos, mas cada um que fizer parte do quadro de colaboradores, será motivado a se capacitar, agregar suas habilidades para o mercado de negócios, inserindo motivação não somente neles próprios, mas em nossos clientes”.

Oportunidade a quem deseja empreender

“Onde iremos prezar em seguir processos e normas, com o intuito de regularizar e humanizar toda a gestão de negócios. Mantendo uma sólida rede de relacionamento com todos em diferentes aspectos, aumentando a visibilidade de mercado e até incentivar a outros iniciarem seus próprios negócios.

Um desses projetos são: as vendas por atacado, uma vez que devido a dificuldades geográficas, outras parcerias surgirão para compra e revenda em suas próprias cidades”, finaliza Andresa.

Onde encontro a loja?

Website da loja: https://www.lauraanne.nz/
Instagram @lauraanneboutique 
Facebook @lauraanneboutique


Gostou da matéria? Deixe um comentário.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo