Comunidade BrasileiraNegócio e Empreendimento

Diego Malheiros | Professor de Marketing E Empreendedor

Entrevista por Lia Santos

A vida tem sua simplicidade, onde algumas vezes nós a tornamos complicada.

E para obtermos o sucesso que desejamos, precisamos estar dispostos a trabalhar árduo, sacrificar muito com os olhos focados nas recompensas.

O entrevistado de hoje, através de suas atitudes nos mostra que o “Querer” é também “Fazer“. Sua trajetória empreendedora, garra e ambição o levaram a alcançar cada etapa de seus objetivos e sonhos. Uma história para se inspirar.

Diego, conte nos um pouco da sua história

“Meu nome é Diego Malheiros Silveira, tenho 29 anos, nascido no Rio de Janeiro e criado em Niterói.

Desde pequeninho sempre fui muito elétrico, inquieto e achei nos esportes a melhor maneira de gastar essa energia. Sempre surfei, joguei capoeira e fiz outros esportes.

(…) eu não estava nem ligando para faculdade até me deparar de frente com a ESPM – Escola Superior de Propaganda e Marketing.

No último ano da escola, quando todos já sabiam o que queriam da vida e estavam estudando pra Medicina, Direito, Engenharia, eu não estava nem ligando para faculdade até me deparar de frente com a ESPM – Escola Superior de Propaganda e Marketing, uma das melhores faculdades de Publicidade e Marketing do Brasil. Entrei e mudei, dei o primeiro passo pra ser quem eu sou hoje.

Apaixonado por Marketing, comecei a estagiar na L’Oreal e assim a minha carreira como profissional de marketing começou. Me formei em 2013 e em 2014 fui fazer a primeira pós graduação, no EUA, onde eu já possuo há 10 anos, uma academia de capoeira.

Voltando para o Brasil, fui convidado a liderar o time de Marketing e Endomarketing da Reserva, uma das maiores marcas de moda masculina do Brasil, onde fiquei por 3 anos. A Reserva foi minha escola de eventos, marketing off-line e tudo que sei até hoje.

Durante esse tempo comecei a correr, ampliei minha escola de capoeira no EUA e comecei a dar aula de Marketing para turmas de primeiro período, passando por universidades grandes como: UERJ, Mackenzie SP, ESPM SP, ESPM RJ e Cefet.”

O que te levou a migrar do Brasil? Por que a Nova Zelândia?

“Eu já havia feito uma pós gradação fora do país e que me mudou muito, como profissional e como pessoa, acreditava que naquele momento, 2017, eu precisava viajar, estava em um ritmo de trabalho muito forte e tinha estagnado em uma posição que não visualizava crescimento.

Nova Zelândia

“Conversei com a minha diretora na época e antes de decidir tudo, peguei o aval dela para investir nessa empreitada. Vim para a Nova Zelândia leve, apenas para fazer uma pós graduação de um ano, sabendo que poderia ficar por conta do post study work visa, mas com a cabeça no Brasil.

A Nova Zelândia me ganhou pelos esportes! Triátlon, corrida, surf, natureza, foi onde eu fui “pescado”, mas o fato do país ser muito moderno, para alguém que trabalha inquieto, com a criatividade, significa: OPORTUNIDADE.

E não deu outra, era exatamente o que eu pensava.”

O que você mais aprecia neste país?

“Diversas coisas e todas elas fazem parte do meu kit do porquê ficar na Nova Zelândia.

Honestidade. As pessoas são muito honestas, sinceras e educadas, claro que não existe um número absoluto, sempre teremos casos diferentes, mas no geral sim.

Oportunidade. As vezes temos a síndrome do brasileiro de inferioridade, de achar que temos que chegar aqui e lavar prato e catar lixo, só porque não é o nosso pais. Se você fizer isso, não tem problema NENHUM, não há nada mais digno do que TRABALHAR. Porém, não é uma formula exata, você pode correr atrás de trabalhar com o que você já faz, pode se especializar, você pode, se você acreditar.

Pessoas. Eu tenho claro na minha vida que uma das minhas missões é conectar. Aqui temos pessoas muito boas que são cercadas pelo mesmo círculo de amigos, conhecidos e familiares desde sempre e pra sempre.”

Quando você traz a energia expansiva do brasileiro, a irreverência de juntar amigos, apresentar, unir, agregar, você recebe em troca uma gratidão impagável.


Conte um pouco sobre sua vida profissional na Nova Zelândia. Quando cada oportunidade surgiu e quais seriam seus planos futuros?

“A minha vida profissional aqui, com muito orgulho que eu digo, que poderia ser um livro. Vamos começar pelo início até chegarmos no mais importante hoje, a HOA.”

AUT – AUCKLAND UNIVERSITY OF TECHNOLOGY – LECTURER
AUT – AUCKLAND UNIVERSITY OF TECHNOLOGY – LECTURER

“Antes de vir para Nova Zelândia, eu já dava aula de marketing e tinha uns dois ou três clientes de consultoria de marketing digital, ou seja, falar em público nunca foi um problema.

Ao final do meu primeiro ano aqui, 2018, eu apresentei um grande projeto para AUT em um curso que eu estava fazendo por fora da pós graduação, um curso de gerenciamento de eventos. Por sorte, nesse dia, a diretora da Universidade, foi assistir à apresentação e ela gostou tanto que 2 meses depois me chamou para tomar um café e me convidar para dar aula na Universidade.

Em Fevereiro de 2019, com 27 anos, o professor mais novo da faculdade, Brasileiro, não podia estar mais feliz.

“Demorando o dobro do tempo para preparar as aulas (Inglês acadêmico), recebi indicações de melhor professor do semestre”

Ensinei 4 matérias a mais do que eu fui contratado e sigo até hoje dando aula com histórico atual de mais de 400 alunos lecionados.”

CAPOEIRA – DIEGO SILVEIRA

“Logo quando cheguei em Auckland procurei por um local para treinar, pois faço capoeira a 20 anos e é sempre bom ter um lugar para brincar, fui em alguns, gostei, fiz bons amigos, mas me deparei com o Bruno, Rasta, a figura da capoeira na Nova Zelândia.

Aula de capoeira para crianças.

Fui treinar com o Bruno a primeira vez, sem dizer que eu jogava…aperta dali, chute dali e entre rasteiras e muito aze viramos grandes amigos.

Eu tenho o meu projeto no EUA, liderado por um dos meus alunos americanos, o Instrutor Steve Kotwa, no qual eu vou todo ano para batizar os meus alunos, por isso já tinha experiência ensinando.

Bruno e eu começamos uma parceria onde eu dou aula para crianças e ele para adultos, essas aulas acontecem em formato de workshop, onde nós dois vamos até os contratantes para ensinar capoeira. Já dei aula em um espaço físico, mas a rotina dos meu outros projetos ganhou, por isso hoje só para eventos específicos e apresentações, mas seguem vivos: as aulas, a paixão e o vício.”

Brazilian Day.
ADIDAS – ADIDAS RUNNERS NEW ZEALAND CAPTAIN
Captain Adidas. Foto: Arquivo pessoal.

“Quando você estuda, vive, lê, aprende sobre marketing, você acabar criando conexões com marcas que te inspiram e eu sempre tive anotado: RedBull, Nike, adidas, Deus Ex Machina e Maserati. Por: inovação, qualidade, irreverencia e agressividade.

Em 2018, conheci o adidas Runners, um dos maiores grupos de corrida do mundo todo, com sedes em: São Paulo, Berlim, Nova Iorque, Rio de Janeiro, Paris, Melbourne, Hong Kong, Tóquio e…Auckland. Comecei a ir em todos os encontros, apenas como um corredor normal, a equipe que liderava o projeto era composta por um time de corredores: uma capita (contratada pela marca) e 12 pacers, que são corredores da adidas que guiam as pessoas ao redor da cidade, de acordo com a distância e a velocidade.”

“Quando eu vi aquilo eu pensei: um dia eu vou ser um pacer! Comecei a treinar mais, aumentar velocidade e sempre correr na frente, colado com os pacers que lideravam, até que, dois meses depois em Maio de 2018 um dos pacers teve que voltar para Inglaterra e na vaga aberta eu fui indicado.

Comecei a ser um membro do time da adidas em 2018 e segui por um ano meio forte na marca, representando a marca em corridas, ajudando os atletas e produzindo conteúdo.

Em janeiro desse anos, após voltar de um ano novo no Rio com a família, descobri que a capita havia saído, por conta de uma estratégia de reposicionamento da marca e a vaga estava aberta. Na primeira sessão do ano, fui nomeado o capitão da adidas runners NZ, o primeiro não Kiwi.

Uma responsabilidade gigante, um carinho e amor pela marca ainda maiores e uma fonte de energia gigante para buscar todos os meus sonhos. Atualmente estamos aguardando um posicionamento da marca, pois devido ao COVID, ainda não voltamos com o grupo.”

HOA MARKETING AGENCY – DIRETOR DE MARKETING E FUNDADOR

Run4 Auckland

“Com a liberdade da faculdade, as consultorias e a adidas, não fazia sentido sentar em um escritório todo dia e trabalhar para os sonhos de alguém, se eu já estava trabalhando para realizar os meus e que sonho maior para um publicitário/profissional de marketing do que ter a sua própria agência? Só precisa achar as pessoas certas, bom…eu achei, ou achamos.

Diego, José Rezende e João Eduardo.

A HOA, que significa amigo em Te Reo Maori, foi criada por três amigos/sócios…eu, o Jose Rezende e o João Eduardo foi criada em fevereiro de 2020, sim, um pouco antes do Corona e quer saber? A maioria das pessoas acharia uma ideia idiota, sorte que a gente não ouviu ninguém e foi uma das melhores coisas que esse ano trouxe pra gente.

Começamos a desenhar nossos serviços e produtos e até hoje descobrimos coisas que podemos fazer e entregar com alto nível de qualidade. Já lideramos cursos, sessões de fotos, eventos, RP, entrevista e tudo que você imaginar e a nossa versatilidade e segurança na entrega nos dá a liberdade de escolher o que queremos fazer e o que não queremos.

Marketing digital, criação de conteúdo e social media vem sendo o forte da agência e nos deu um portfólio incrível de clientes felizes. Além disso, temos um projeto que virou nosso filho, o Run4auckland, o único grupo de corrida dedicado para pessoas de todos os níveis em Auckland.”

Run4auckland

 

Esse projeto é 100% gratuito e trouxe diversas oportunidades para agência, mas sempre focando no objetivo principal: experiência, impactar pessoas e mudar vidas, por isso é difícil dizer aonde a HOA vai chegar, já que decidimos não dar limites para ela.

FUTURO

“É difícil imaginar que eu não tenho planos pro futuro, talvez eu tenha…aplicar a residência, é o único, o meu único e maior plano mesmo… consiste em ser feliz e eu venho realizando ele muito bem, então tô pronto pro que vier.”

Diego Silveira
Contato
[email protected]

Instagram @run4auckland
HOAMKT https://www.hoamkt.com
Facebook @hoamarketingagency

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo